Siga o Jornal de Brasília

Política e Brasil

Renan ameaça pedir prisão de Wajngarten

Publicado

em

A sessão da CPI da Covid nesta quarta-feira (12) tem ocorrido sob os ânimos exaltados dos senadores. O relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AM), ameaçou pedir a prisão do depoente de hoje, o ex-secretário de Comunicação Fábio Wajngarten.

Wajngarten é acusado de mentir durante o depoimento. O ex-secretário tem sido perguntado sobre as declarações que deu à revista Veja no mês passado. Segundo Renan e o presidente da comissão, Omar Aziz, Wajngarten tem respondido de forma contrária à entrevista feita pela Veja.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O senador Eduardo Girão falava, quando Renan interrompeu para dizer: “Esse depoimento tem se encaminhado para um terreno muito ruim. Aqui estiveram dois ex-ministros que confirmaram a existência de uma consultoria paralela [do presidente Jair Bolsonaro]. Feita a pergunta ao depoente [Wajngarten], ele disse desconhecer, mas é o contrário. Vossa senhoria é a prova da existência dessa consultoria.”

Renan ameaçou de pedir a prisão de Fábio caso se confirme as supostas inverdades ditas pelo ex-secretário. Renan continuou e sugeriu que a CPI peça à Veja para saber se Wajngarten mentiu ou não para a sessão. “Se ele não mentiu, a revista Veja mentiu, vai ter que pedir desculpas a ele. Se ele mentiu, ele terá desprestigiado e mentindo ao Congresso Nacional, o que é um péssimo exemplo. Eu queria dizer que vou cobrar a revista Veja. Se ele não mentiu, que ela se retrate a ele. E se ele mentiu à revista Veja e a esta comissão, eu vou requerer à vossa excelência, na forma da legislação processual, a prisão do depoente”.

O senador Marcos Rogério tomou a palavra. “Não cabe ao relator ou a qualquer membro dessa CPI ameaçar o depoente de prisão”, afirmou.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O presidente Omar Aziz ameaçou suspender a sessão e disse que Wajngarten se prejudicou com o depoimento. Os senadores, no entanto, pediram para que a reunião seja mantida, e assim se fez.

Continue lendo
Publicidade