Siga o Jornal de Brasília

Política e Brasil

‘Eu não tirei emprego no Brasil’, diz Bolsonaro

Redação BDF

Publicado

em

Nesta terça-feira (18), o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), conversou com apoiadores nos arredores do Palácio da Alvorada. “Não, não, se eu vir aqui e pegar o particular, eu não trabalho mais”, disse Bolsonaro para uma apoiadora que pediu a renovação temporária do contrato de seu esposo.

Durante a conversa com a apoiadora, Bolsonaro se irrita e diz: “Bota um papel pra mim que eu indico para um chefe responsável”. A apoiadora, confusa, pergunta: “aonde eu entrego?”. E o presidente responde sem paciência: “já era pra estar no seu bolso”.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Eu não fechei nada no Brasil, eu não tirei o emprego de uma pessoa no Brasil”, finalizou Bolsonaro.

‘Calcinha apertada’

Enquanto tirava fotos com os apoiadores, um dos presentes fala: “Presidente, nós estamos lutando contra a tirania do calcinha apertada lá em São Paulo”, disse o apoiador em referência ao governador João Doria.

João Doria adotou medidas rígidas de isolamento social em São Paulo. O governador também é um possível adversário do presidente nas eleições de 2022.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade