Weintraub diz que assumirá cargo de diretoria no Banco Mundial

A saída foi anunciada na tarde desta quinta-feira (18), após o desgaste do agora ex-ministro, com o Supremo Tribunal Federal (STF)

O agora ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, que deixou o cargo na tarde desta quinta-feira (18), afirmou que assim que deixar a pasta, assumirá um cargo de diretoria no Banco Mundial. A informação foi confirmada pelo ministro em vídeo, divulgado nas redes sociais, onde ele anuncia a sua saída.

“Sim, desta vez é verdade. Eu estou saindo do MEC e vou começar a transição agora. Nos próximos dias, eu passo o bastão para o ministro que vai ficar no meu lugar, interino ou definitivo”, diz Weintraub.

“Neste momento, eu não quero discutir os motivos da minha saída, não cabe. O importante é dizer que eu recebi o convite para ser diretor de um banco. Já fui diretor de um banco no passado. Volto ao mesmo cargo, porém no Banco Mundial”, continuou. Para o presidente Bolsonaro, que estava ao lado dele no momento da gravação, afirmou que o momento “é de confiança”. 

“É um momento difícil, todos os meus compromissos de campanha continuam de pé. Busco implementá-lo da melhor forma possível. A confiança você não compra, você adquire. Todos que estão nos ouvindo agora são maiores de idade, sabem o que o Brasil está passando. E o momento é de confiança. Jamais deixaremos de lutar por liberdade. Eu faço o que o povo quiser”, afirma Bolsonaro.

Send this to a friend