Mandetta contradiz Bolsonaro e se desculpa com imprensa

Após polêmicas no relacionamento entre Mandetta e Bolsonaro, o ministro da Casa Civil disse que a demissão do ministro da Saúde está “fora de cogitação”

Durante coletiva de imprensa na tarde desta segunda-feira (30), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, contradisse a fala do presidente Jair Bolsonaro e afirmou que a orientação da pasta é que a população siga a determinação dos estados, de seguir o isolamento social para ajudar no combate ao coronavírus e evitar um colapso no sistema de saúde do país. 

“A pasta Saúde continua se guiando pelo que é técnico, pelo que é científico”, disse. “Por enquanto, mantenho as orientações dos estados, porque essas ainda são as mais recomendáveis”. Após polêmicas em torno do relacionamento entre Mandetta e Bolsonaro após as declarações, o ministro da Casa Civil se pronunciou sobre o assunto, também na coletiva, e disse que a demissão do ministro está “fora de cogitação”. 

Mandetta aproveitou o momento, também, para se desculpar com a imprensa após ter chamado a cobertura sobre o novo coronavírus de sórdida. “Ficaram bravos comigo, puxaram minha orelha na Globo porque fiz um comentário sobre a cobertura. Eu peço desculpas, a gente quando erra, a gente erra”, disse o ministro. “Naquele momento, eu quis dizer o seguinte: leia um livro, discuta, escute uma música, procure conversar, estamos na quaresma, lê um pouco da Bíblia, procure outras possibilidades”, complementou Mandetta. 

Send this to a friend