Eduardo Bolsonaro, após reportagem sobre post fake: “Nós devemos cagar para a imprensa”

Matéria da emissora repercutiu postagem falsa realizada pelo deputado federal. Além das críticas, Eduardo fala em “censura do séc. XXI”
 

Nesta sexta-feira (27), o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente Jair Bolsonaro, se pronunciou após uma reportagem da TV Globo sobre o tuíte que ele mesmo fez utilizando uma montagem para fazer chacota com a ativista internacional sueca Greta Thumberg, de 16 anos. O parlamentar não mediu palavras para criticar o veículo.

“A [sic] Delis Ortis [Ortiz*, repórter da TV Globo], Globo/Marinhos e todo mundo sabia que isso era um meme, não uma notícia verdadeira. Mas nós devemos cagar para a imprensa. Se você deixar de fazer algo porque ‘ah, a imprensa vai me atacar’ então aí você ficará calado e eles terão atingido o objetivo deles. Eis a censura do séc. XXI”, declarou Eduardo, durante uma watch party em sua conta no Facebook.

A postagem

Na última quinta (26), o deputado compartilhou uma montagem de Greta fazendo uma refeição com crianças vendo do lado de fora. Postou, também, um trecho de um texto que explica que a irmã de Greta, Luisa Neubauer, é porta-voz de uma ONG fundada com o dinheiro da Open Society. A empresa é de propriedade de George Soros, conhecido por fomentar pautas sociais, como a criação da Fundação Marielle Franco. Eduardo, então, ligou uma coisa à outra para realizar a crítica abaixo.

Send this to a friend