Carlos Bolsonaro:“Vi meu pai indo embora duas vezes”, ao recordar atentado

A paixão pelo pai é tanta, que ele tem, inclusive, uma tatuagem com o rosto de Jair Bolsonaro no braço.

 O vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ) deu entrevista ao canal da jornalista Leda Nagle no YouTube e se emocionou ao lembrar da facada sofrida pelo pai Jair Bolsonaro (PSL) durante a campanha eleitoral em Juiz de Fora (MG).

“Eu vi meu pai indo embora duas vezes, virando os olhos. E tem canalha que olha para a gente e fala que aquela facada foi fake. Você entende a minha raiva?”, disse o vereador.

Carlos é o filho mais próximo do atual presidente da Reública e é chamado de “pitbull” por conta de sua dedicação e era o único dos filhos que estava em Juiz de Fora no dia do atentado. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O parlamentar também comentou sobre a sua discussão com o ex-ministro Gustavo Bebianno, que já foi braço-direito de Jair Bolsonaro, durante o escândalo de candidaturas laranjas do PSL.

“De uma coisa eu tenho certeza. Que essa pessoa [Bebianno] não conversou sobre o assunto citado pelo jornal O Globo naquele dia com o meu pai. Não tenho mais nada para falar do assunto”, declarou.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

18 − 16 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend