Em vídeo, Bolsonaro explica demissão de Gustavo Bebianno; assista

No vídeo, presidente elogia ‘seriedade’ e ‘qualidade’ do trabalho do agora ex-ministro, mas afirma que ‘diferentes pontos de vista sobre questões relevantes’ o fizeram demitir Bebianno

Antes do anúncio da exoneração de Gustavo Bebianno do comando da Secretaria-Geral da Presidência, o presidente Jair Bolsonaro gravou uma mensagem para ser veiculada nas redes sociais com elogios ao agora ex-ministro (leia a íntegra ao final desta publicação).

A avaliação no Palácio do Planalto é que essa estratégia vai pacificar a relação e diminuir a mágoa gerada pela crise política no episódio, que envolveu Bebianno, o presidente e o vereador Carlos Bolsonaro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Interlocutores do ex-ministro avaliam que essa é a melhor solução para evitar sequelas do episódio e estancar a crise.

No vídeo, Bolsonaro afirma que “diferentes pontos de vista” sobre o que chamou de “questões relevantes” fizeram com que ele reavaliasse a permanência de Bebianno no comando da pasta.

O presidente, porém, diz reconhecer a “dedicação e comprometimento” do agora ex-ministro na coordenação de sua campanha eleitoral e diz que continua “acreditando na sua seriedade e qualidade do seu trabalho”.

Vídeo

Leia a íntegra do pronunciamento de Bolsonaro:

Comunico que, desde a semana passada, diferentes pontos de vista sobre questões relevantes trouxeram a necessidade de uma reavaliação. Avalio que pode ter havido incompreensões e questões mal-entendidas de parte a parte, não sendo adequado pré-julgamento de qualquer natureza.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Tenho que reconhecer a dedicação e comprometimento do senhor Gustavo Bebianno a frente da coordenação da campanha eleitoral em 2018. Seu trabalho foi importante para o nosso êxito. Agradeço ao senhor Gustavo pelo esforço e empenho quando exerceu a direção nacional do PSL e continuo acreditando na sua seriedade e qualidade do seu trabalho. Reconheço também sua dedicação e esforço durante o período que esteve no governo.

Como presidente da República comunico que, na data de hoje, tomei a decisão de exonerar o senhor ministro-chefe da Secretaria-Geral. Desejo ao senhor Gustavo Bebianno meus sinceros votos de sucesso em sua nova jornada.

 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend