Bolsonaro retorna ao Rio, depois de dois dias em Brasília

Ele desembarcou à tarde na Base Aérea do Galeão, na Ilha do Governador, por volta das 15h30, e seguiu direto para casa. Segundo seus assessores, não há previsão de atividades nem de visitas nesta quinta-feira (8).

Após dois dias em Brasília para tratar da transição do governo, o presidente eleito Jair Bolsonaro retornou hoje (8) para sua casa, no condomínio onde mora na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Apesar da chuva intensa, o comboio de policiais militares e federais, no qual estava Bolsonaro, fez o trajeto de 30 quilômetros em menos de 50 minutos, chegando à residência às 16h20. Na entrada, apenas jornalistas aguardavam a chegada do presidente eleito, pois os simpatizantes acabaram afugentados pela chuva e o frio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A assessoria de Bolsonaro informou que Paulo Guedes, confirmado para o superministério da Economia, também estava no mesmo voo, mas não seguiu para a Barra da Tijuca com o presidente eleito.

Agenda

Na próxima semana, Bolsonaro retorna à capital federal, onde tem uma série de reuniões. Na terça-feira (13), deverá conversar com a deputada Tereza Cristina (DEM-MS), que assumirá o Ministério da Agricultura, para definir as prioridades da área.

Na quarta-feira (14), véspera de feriado, Bolsonaro deve se reunir com os 27 governadores eleitos e reeleitos para uma primeira conversa. A disposição é apresentar o chamado pacto federativo, que inclui programa de desestatização e desburocratização. Também deve ser mencionada a pauta dos estados.

Desde terça-feira (6) em Brasília, Bolsonaro se reuniu com o presidente Michel Temer, formalizando o governo de transição, e com o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli; teve conversas com parlamentares, futuros ministros e ainda promoveu reuniões no Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB), onde funciona o gabinete de transição.

Tags

BDF na Rede

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend