Temer sonda deputados do PSB visados pelo DEM de Maia

Temer vai fazer pronunciamento à imprensa após votação na Câmara

Em meio à crise com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o presidente Michel Temer fez nesta terça-feira uma nova ofensiva em relação a deputados do PSB.

Na manhã desta terça (17), o presidente recebeu no Palácio do Planalto a líder do PSB na Câmara, Tereza Cristina (MS), e o deputado Fabio Garcia (MT), cujos processos de expulsão do partido estão sob análise do diretório nacional. Temer também almoçou na casa do deputado Heráclito Fortes (PI), outro nome que deseja deixar o PSB.

No mês passado, Maia fez duras críticas ao presidente depois que o senador Fernando Bezerra (PE) se filiou ao PMDB. Na época, o presidente da Câmara cobrou lealdade do peemedebista e disse que não poderia “ficar levando facada nas costas”. Rodrigo Maia tenta há meses atrair os descontentes do PSB para fortalecer o seu partido, o DEM.

Nesta terça, Tereza Cristina admitiu que mantém diálogo com o PMDB, principalmente por ser muito próxima no seu Estado ao ex-governador André Puccinelli, que é do mesmo partido de Temer. Ela, no entanto, afirmou que ainda não decidiu a qual partido vai se filiar depois que deixar o PSB. “Não quero errar de novo”, disse.

Sobre o processo de expulsão das fileiras pessebistas, a deputada cobrou “diálogo” com a direção nacional. Segundo Tereza, o grupo de descontentes propôs que a sigla liberasse os parlamentares que desejam sair do partido.

Tags
Send this to a friend