Siga o Jornal de Brasília

Política e Brasil

Deputado Arthur Lira celebra aprovação da PEC da Vaquejada em segundo turno

Publicado

em

O Líder do PP na Câmara dos Deputados, Deputado Federal Arthur Lira (PP-AL), acompanhou com empenho a tramitação da PEC da Vaquejada (Proposta de Emenda à Constituição 304/17, do Senado). Na noite desta quarta-feira, o Plenário aprovou a proposta por 373 votos a 50 e 6 abstenções.

De acordo com a PEC da Vaquejada, não são consideradas cruéis as práticas desportivas que utilizem animais, como a vaquejada, se forem registradas como manifestações culturais e bem de natureza imaterial integrante do patrimônio cultural brasileiro.

O Deputado Arthur Lira é um grande defensor da proposta e destaca a relevância cultural e econômica da vaquejada, além do bom tratamento aos animais.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“A vaquejada está cercada de cuidados e regras e conta com a presença de veterinários, cuidadores e fiscais que garantem que a cultura sobreviva junto com os direitos aos animais”, pontua o Arthur Lira.

“Caso a vaquejada fosse banida, o resultado seria o sacrifício da expressão cultural de um povo e prejuízos enormes para uma atividade econômica que impulsiona comunidades, cidades e regiões, em especial na minha região, o Nordeste.”
Deputado Federal Arthur Lira (PP-AL)

O texto aprovado agora segue para promulgação pela Mesa do Congresso Nacional e acaba com os entraves jurídicos para a realização das vaquejadas no País.

A vaquejada é a atividade na qual dois vaqueiros montados a cavalo têm de derrubar um boi, puxando-o pelo rabo.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Íntegra da matéria: PEC 304/2017 

Com informações da Agência Câmara

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta