Siga o Jornal de Brasília

Política e Brasil

Velloso diz que compromissos profissionais e éticos o impediram de assumir Justiça

Brasília de Fato

Publicado

em

Carlos Velloso

Ex-presidente do STF foi convidado por Temer para assumir Ministério da Justiça; em nota, Velloso disse que, mesmo sem assumir pasta, estará ‘à disposição’ do ‘amigo de cerca de 40 anos’.

O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal (STF) Carlos Velloso divulgou uma nota na tarde desta sexta-feira (17) na qual informou que compromissos profissionais e éticos o impediram de assumir o Ministério da Justiça.

Velloso havia sido convidado pelo presidente Michel Temer para assumir o comando da pasta após o ministro Alexandre de Moraes ser indicado para a vaga de Teori Zavascki no STF – Teori morreu no mês passado após acidente aéreo no Rio de Janeiro.

Segundo o colunista do G1 e da GloboNews Gerson Camarotti, Velloso recusou o convite porque não quis abandonar o escritório de advocacia que mantém em Brasília.

“Comuniquei, hoje, ao Sr. Presidente da República, a impossibilidade de aceitar o seu convite para ocupar o honroso cargo de Ministro de Estado da Justiça. Não obstante meu desejo pessoal de contribuir com o país, neste momento tão delicado, compromissos de natureza profissional e, sobretudo, éticos, levam-me a adotar esta decisão”, diz a nota divulgada por Velloso

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *