Siga o Jornal de Brasília

Política e Brasil

Refugiados da Síria vendem salgados árabes

Avatar

Publicado

em

Bem ao lado do palco em que o Cordão do Boitatá se apresenta neste domingo (26) no Rio, dois irmãos sírios, refugiados, fazem sucesso vendendo salgados árabes.

Ousama, 22, e Omran Barbour, 23, chegaram no Rio há dois anos, fugidos da guerra entre governo sírio e rebeldes em seu país. Eles viviam na cidade de Damasco, capital da Síria, onde eram estudantes.

Este é o primeiro Carnaval em que trabalham. A dupla ainda tem dificuldade com o português, principalmente para formar grandes frases. Mas conseguem superar bem a barreira do idioma para vender aos clientes.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

As esfihas e kibes a R$ 4 eram bastante elogiadas enquanto a reportagem entrevistava os irmãos. Questionado sobre o que achava da Carnaval carioca, Ousama foi sucinto: “É bom”, disse antes de interromper a conversa para atender mais um cliente.

FOLHAPRESS

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *