Siga o Jornal de Brasília

Política e Brasil

O grande teste de Temer

Avatar

Publicado

em

O fiasco deixou sob breve ameaça a aprovação em primeiro turno da PEC do teto do gasto público programada para o começo da semana. 

Leandro Colon – Folha de S.Paulo

O governo de Michel Temer protagonizou um pequeno vexame na sexta (7). Sua base de apoio liderada pelo inexpressivo André Moura (PSC-SE) fracassou na estratégia de reunir o mínimo de 51 deputados em plenário (10% da Câmara).

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Em tese, a proposta tratada como prioridade pelo Planalto só poderia ser apreciada a partir da tarde de terça-feira (11), véspera de feriado, ocasião típica de baixo quórum na Casa.

Mas o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que anda às turras com assessores de Temer, avisou que pretende apresentar um requerimento para suspender esse intervalo e antecipar a votação para segunda (10), como deseja o governo.

A manobra deve dar certo, mas expõe os obstáculos de Temer para lidar com uma base aliada aparentemente coesa e ampla na Câmara.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A cartada final do presidente aos deputados será dada num rega-bofe no Palácio da Alvorada na noite deste domingo (9). A expectativa é que pelo menos 300 parlamentares de sua bancada de apoio compareçam.
Temer quer usar o encontro para demonstrar força política e ao mesmo tempo garantir sucesso no que será seu mais importante teste legislativo desde que assumiu o cargo.

Não há dúvida de que a aprovação do teto é fundamental para o governo dar um passo no resgate das contas públicas e esbanjar credibilidade.

Também será essencial para o Planalto evitar a especulação de que pode fracassar em outras votações relevantes no Congresso, entre elas a que trata da Lei de Repatriação.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

São imprescindíveis vitórias para quem promete (ou sonha) aprovar um dia reformas profundas como a da Previdência e a trabalhista

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *