Michel Temer abrirá mão de Rolls Royce no desfile de 7 de Setembro

Tradicionalmente, carro é usado em posses e datas comemorativas.
Presidente estará acompanhado da mulher, Marcela, e do filho Michelzinho.

Fernanda Calgaro

Do G1, em Brasília

O presidente da República Michel Temer abrirá mão nesta quarta-feira (7) da tradição de usar o Rolls Royce da Presidência da República durante o desfile militar de 7 de Setembro, que celebra a Independência do Brasil, em Brasília.

Com uma capota conversível, o automóvel geralmente é utilizado nas posses presidenciais e também em datas comemorativas. O Palácio do Planalto não explicou o que motivou a decisão de Temer.

Em vez do Rolls Royce, ele usará um carro fechado para fazer a revista às tropas e se dirigir até a tribuna de autoridades, de onde acompanhará o desfile com a primeira-dama, Marcela, e o filho Michelzinho (veja no vídeo abaixo como foi o desfile de 7 de Setembro no ano passado).

O evento acontece exatamente uma semana após Michel Temer ter tomado posse como presidente depois de o Senado aprovar o impeachment de Dilma Rousseff.

O desfile está previsto para começar às 9h. Assim que o presidente estiver posicionado na tribuna, serão realizados os ritos militares com a execução do Hino Nacional e do Hino da Independência.

A um custo de R$ 1,1 milhão, o desfile contará com cerca de 1,2 mil civis, incluindo estudantes da rede pública, e 3,3 mil militares. No total, serão mais de 20 entidades e órgãos envolvidos.

O público esperado é de cerca de 30 mil pessoas. O acesso às arquibancadas será controlado. Não será permitido levar objetos de vidro ou cortantes. Fogos de artifício, hastes para bandeiras e máscaras também estão vetados.

Bandeirinhas do Brasil serão distribuídas para a população nas entradas das arquibancadas.

Uma barreira foi instalada no meio do gramado da Esplanada dos Ministérios, dividindo o espaço em dois.

Oficialmente, nenhum grupo informou à Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal sobre a realização de protestos, mas manifestações têm sido convocadas por meio das redes sociais.

A presidente Dilma Rousseff e o vice, Michel Temer, durante o Desfile de 7 de Setembro, na Esplanada dos Ministérios (Foto: Ichiro Guerra/PR)
Send this to a friend