HomeDestaqueApós acordo com caminhoneiros, Guardia nega aumento de impostos

Após acordo com caminhoneiros, Guardia nega aumento de impostos

Em entrevista coletiva hoje (28), o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, reiterou que não haverá aumento da carga tributária para compensar medidas firmadas no acordo com os caminhoneiros. “Estamos sendo neutros” A categoria está parada desde o dia 21. Entre os pontos negociados, estão a redução […]
Após acordo com caminhoneiros, Guardia nega aumento de impostos
Após acordo com caminhoneiros, Guardia nega aumento de impostos

Após acordo com caminhoneiros, Guardia nega aumento de impostos

Em entrevista coletiva hoje (28), o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, reiterou que não haverá aumento da carga tributária para compensar medidas firmadas no acordo com os caminhoneiros. “Estamos sendo neutros”

A categoria está parada desde o dia 21. Entre os pontos negociados, estão a redução do preço diesel em R$ 0,46 nas bombas pelo prazo de 60 dias e a isenção da cobrança de pedágio dos caminhões que trafegarem com eixo suspenso.

De acordo com o ministro, o governo promoverá um movimento compensatório na economia. “Não estamos fazendo um aumento de carga [tributária] ou de impostos”, disse Guardia.

Segundo ele, a carga tributária será redistribuída. O ministro afirmou que o assunto será discutido também com os representantes estaduais.

“Sim, contamos com a colaboração dos estados”, disse Guardia, referindo-se ao ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

O ministro afirmou ainda que os órgãos responsáveis pelo monitoramento e pela fiscalização utilizarão os instrumentos adequados em caso de abusos. Ele lembrou que o governo está fazendo “um brutal esforço” para que o país volte à normalidade.

Send this to a friend