Nova York registra dois casos do novo coronavírus em gatos

Conforme as autoridades, os animais não podema transmitir Covid-19 a seres humanos

De acordo com veterinários do estado de Nova York, dois gatos foram diagnosticados com o novo coronavírus. Os dois felinos são os primeiros da espécie a serem infectados nos Estados Unidos.

De acordo com o Departamento de Agricultura e o Centro de Controle de Doenças dos EUA (CDC, na sigla em inglês), os animais estão bem e têm apenas leves sintomas de problemas respiratórios. Ainda conforme a entidade, os animais, no entanto, podem não transmitir Covid-19 a seres humanos.

O dono de um deles estava infectado com o novo coronavírus, mas o outro vive em uma casa com uma família onde ninguém teve diagnóstico positivo, segundo o “New York Times”.

O Departamento de Agricultura e o CDC recomendam que os gatos domésticos sejam mantidos dentro de casa nos Estados Unidos, sem contato com animais nas ruas ou pessoas além daquelas com quem vivem.

Existe também a recomendação para que pessoas que tenham Covid-19 evitem se aproximar de qualquer animal de estimação, já que eles podem ser hospedeiros do COVID-19.

Send this to a friend