Trégua comercial da China com EUA deve garantir superávit em conta corrente

De acordo com Wang, a China deve manter um superávit estável no comércio de bens após assinar o acordo comercial de “fase 1” com os EUA em Washington, na última quarta-feira (15)

A China deve manter um pequeno superávit em conta corrente em 2020, graças à trégua comercial com os EUA e a uma redução no déficit da balança de serviços, disse hoje a porta-voz do órgão regulador de câmbio chinês (Safe, na sigla em inglês), Wang Chunying.

Nos primeiros três trimestres de 2019, a China acumulou superávit em conta corrente de US$ 137,4 bilhões, equivalente a 1,3% de seu Produto Interno Bruto (PIB), segundo dados oficiais

De acordo com Wang, a China deve manter um superávit estável no comércio de bens após assinar o acordo comercial de “fase 1” com os EUA em Washington, na última quarta-feira (15).

Ela acrescentou que o avanço do turismo da China no exterior deve desacelerar depois de anos de rápida expansão, o que deve ajudar a diminuir o déficit no comércio de serviços.

Wang disse ainda que o acordo preliminar com os EUA foi uma sinalização positiva para o mercado de câmbio da China, uma vez que o yuan se fortaleceu nos últimos dias. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

10 + nove =

Send this to a friend