Chefão do tráfico tem caso com mulher do filho, é denunciado por ele e acaba preso

Aos 25 anos, ele foi braço direito de Pablo Escobar

Um dos chefes do tráfico mais procurados no mundo foi preso graças a pista dada pelo próprio filho. O colombiano Luis del Rio, mais conhecido como El Tio, enviava todo mês ao menos dez toneladas de cocaína para a Europa e os EUA. 

Aos 25 anos, ele foi braço direito de Pablo Escobar até que eles romperam e se tornaram rivais. Homens de Escobar chegaram a sequestrar uma filha de Luis del Rio, acusado pelo famoso barão das drogas de roubá-lo. 

De acordo com uma reportagem da TV Caracol, El tio estava tendo um caso com a esposa do filho, o que levou à denúncia de seu paradeiro. Segundo a polícia, o traficante costumava fazer sexo com adolescentes e tinha um sítio na localidade de Girardota onde mantinha um altar diante do qual realizava sessões de magia negra. Policiais afirmam que o traficante costumava levar a nora para essa mesma propriedade.

Um dos seus homens de confiança, conhecido como Jacobo, também foi preso. Um outro membro da quadrilha, identificado como Chepe, pulou do terceiro andar da casa durante a batida policial no endereço apontado pelo filho do traficante.

 

El Tio cumpriu 12 anos de prisão por tráfico de drogas, mas manteve o controle dos negócios mesmo atrás das grades, chegando a ampliar o seu império. Solto, ele era conhecido como “o traficante mais invisível do mundo”.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

18 − doze =

Send this to a friend