Mulher acorda do coma de um mês ao ouvir filha pedir para amamentar

A menina se sentou ao lado da mãe na cama e começou a fazer sons que costuma fazer quando está com fome. Automaticamente, a mãe abriu os olhos e começou a amamentar

Em estado vegetativo após ser atacada por uim assaltante, Maria Laura Ferreyra, de 42 anos, e acordou para amamentar a filha em um quarto de hospital em Córdoba, Argentina.

A mulher estava em coma há um mês. Ela estava pilotando sua motocicleta, quando um homem a atacou. A vítima caiu, bateu com a cabeça no asfalto e ficou desacordada desde então.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Para os médicos locais, a chance de sobrevivência da mulher eram mínima. Em determinado momento, explicaram a situação para os familiares e aconselharam pensar na possibilidade de doar os órgãos. Quinze dias depois, exames mostraram atividade neurológica, embora a paciente continuasse em coma.

Na última semana, Maria Laura começou a movimentar os braços. Com a visita da filha de dois anos de idade, o quadro melhorou consideravelmente. A menina se sentou ao lado da mãe na cama e começou a fazer sons que costuma fazer quando está com fome.

Automaticamente, Maria Laura abriu os olhos, levantou a bata e começou a amamentar a menina.

“Foi mágico, um momento único. Todos choramos. Ver o abraço delas e o instinto materno foi maravilhoso. Sou iluminado por testemunhar aquele momento”, comentou o marido à emissora de TV El Doce.

Mesmo com o estímulo, Maria Laura não tem consciência do que a cerca e não responde a palavras. Entretanto, a amamentação prova que ela reconhece a filha, segundo os médicos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

A paciente teve alta do CTI e agora está em um quarto comum, de acordo com o jornal “El Periódico”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend