Siga o Jornal de Brasília

Internacional

Socialista Pedro Sánchez toma posse como presidente do governo da Espanha

Publicado

em

O líder do Partido Socialista, Pedro Sánchez, tomou posse neste sábado com presidente do governo espanhol, um dia depois de uma histórica moção contra o conservador conservador Mariano Rajoy.

Sánchez, economista de 46 anos e sem experiência de governo, prestou juramento ante o rei Felipe VI no Palácio de Zarzuela, perto de Madri.

“Prometo por minhs consciência e honra cumprir fielmente as obrigações do cargo de presidente do governo com lealdade ao rei e fazer respeitar a Constituição como norma fundamenal do Estado”, afirmou.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A grande novidade da cerimônia foi que, pela primeira vez desde a restauração da democracia em 1977, o novo presidente jurou sem símbolos religiosos, como a bíblia e o crucifixo.

Na véspera, com o apoio de uma intrincada maioria, o que permite prever um mandato complicado, Sánchez derrubou Rajoy em uma moção de censura no Parlamento, e se tornou o novo primeiro-ministro da Espanha.

Na votação na Câmara, Sánchez reuniu o apoio da maioria dos deputados (180 de 350) para a moção de censura, apresentada depois que a Justiça condenou o Partido Popular (PP) de Rajoy em um caso de corrupção.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Sánchez já iniciou contatos para formar seu gabinete.

Para destituir Rajoy, Sánchez organizou uma complexa coalizão formada pela esquerda radical do partido Podemos, os separatistas catalães e os nacionalistas bascos. No total, oito forças políticas votaram na sexta-feira.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *