Presidente da Catalunha convocará Parlamento para decidir resposta a Rajoy

O presidente da Catalunha, Carles Puigdemont, disse hoje (21) que convocará o Parlamento para “debater e decidir” uma resposta às medidas contra o processo de independência e para “defender as instituições” catalães. As informações são da Agência EFE.

Puigdemont fez um pronunciamento público horas depois de o Executivo espanhol propor, para o Senado ratificar na próxima sexta-feira, a cassação dele e de todo o seu gabinete e a convocação eleições dentro de seis meses para restaurar a ordem constitucional na região, onde as autoridades deram início a um processo independentista considerado ilegal pela Justiça espanhola.

O governante disse que convocará o Parlamento para que responda à tentativa de “liquidar” a autonomia catalã e para combater o que considera uma tentativa do Executivo de Mariano Rajoy de governar de Madri os assuntos da Catalunha.

“Não podemos aceitar este ataque”, declarou o dirigente separatista, que afirmou que o Executivo espanhol quer “humilhar” à Catalunha.

No dia 1º de outubro foi realizado o referendo de independência da região e pouco mais de 2 milhões de pessoas, conforme dados do governo catalão, votaram a favor da separação da Espanha, em uma população de 7,5 milhões.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

10 − 5 =

Mais lidas

Send this to a friend