Bisbilhotar o celular de quem você namora agora é crime na Argentina

Uma recente decisão da Suprema Corte da Argentina tem gerado bastante polêmica no país: qualquer cidadão que for pego bisbilhotando o celular, e-mail ou redes sociais de alguém com quem tem ou teve um relacionamento pode pegar pena de 15 dias a seis meses de prisão, por estar cometendo crime de espionagem, que será investigado pelos mesmo órgãos que julgam crimes de terrorismo, narcotráfico e corrupção.

Confira:

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

4 − quatro =

Send this to a friend