Siga o Jornal de Brasília

Internacional

Polícia prende jovem de 23 anos por suspeita de relação com ataque em Manchester

Publicado

em

Polícia prende jovem de 23 anos por suspeita de relação com ataque em Manchester

Atentado durante show da cantora Ariana Grande matou ao menos 22 pessoas e deixou outras 59 feridas

A polícia britânica deteve nesta terça-feira em Manchester um homem de 23 anos supostamente relacionado ao atentado suicida que deixou ao menos 22 mortos na cidade no Noroeste do Reino Unido.

O homem-bomba que executou o ataque na Manchester Arena, ao final do show da cantora pop Ariana Grande na noite de segunda-feira, morreu ao detonar uma carga explosiva. Foi o atentado mais violento no Reino Unido desde os que atingiram os transportes públicos de Londres em 2005.

A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou nesta terça-feira que a polícia acredita conhecer a identidade do suspeito que matou 22 pessoas, muitas delas crianças e adolescentes, em um show da cantora pop Ariana Grande em Manchester. Falando em frente à sua residência oficial na Downing Street, a premier disse que as autoridades, no entanto, ainda não estão prontas para revelar informações sobre o terrorista. Ela confirmou que o autor do ataque tinha realizado a ação sozinho, mas ainda não estava claro se outras pessoas tinham ajudado na preparação do atentado.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O atentado provocou a suspensão dos atos da campanha para as eleições de 8 de junho no Reino Unido e aconteceu exatamente dois meses depois do ataque perto do Parlamento de Londres que deixou cinco mortos, quando um homem avançou com seu carro contra uma multidão e esfaqueou um policial.

O ataque de Manchester é o mais grave no Reino Unido desde julho de 2005, quando vários atentados suicidas deixaram 52 mortos, incluindo quatro terroristas, e 700 feridos no metrô e em um ônibus de dois andares de Londres. Esta ação foi reivindicada por um grupo que dizia pertencer à al-Qaeda.

O nível de ameaça de atentados no Reino Unido é severo, o segundo mais elevado na escala do governo, e significa que é altamente provável que aconteçam atentados. O nível mais elevado na escala é o crítico, ativado em caso de ameaça iminente.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta