Siga o Jornal de Brasília

Internacional

Papa pede ajuda urgente para fome no Sudão do Sul

Avatar

Publicado

em

O Papa Francisco pediu nesta quarta-feira ajuda urgente e concreta para o Sudão do Sul, que enfrenta uma situação de fome que ameaça quase metade dos 11 milhões de habitantes daquele país africano.

“Neste momento, é mais do que nunca necessário o compromisso de todos e não se conformar com declarações, e sim colocar em andamento gestos concretos de ajuda alimentar e permitir que possa alcançar as populações que sofrem”, afirmou o papa ao final de sua audiência-geral na Praça de São Pedro.

O governo do Sudão do Sul declarou pela primeira vez várias zonas do país em situação de fome causada pelo homem.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Várias áreas do estado de Unidade, no norte do país, estão em situação de “fome ou risco de fome”, provocada pela guerra que atinge o Sudão do Sul há mais de três anos, declarou à imprensa Isaiah Chol Aruai, presidente do Gabinete Nacional de Estatísticas do Sudão do Sul.

A declaração se baseia na escala CIF, a mais utilizada para classificar a segurança alimentar.

Três organizações da ONU – o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e Programa Alimentar Mundial (PMA) – indicaram que os 100.000 sul-sudaneses de Unidade são vítimas da fome, o nível mais alto na escala IPC.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *