Obama cancela reunião com presidente das Filipinas no Laos

Duterte ofendeu o presidente norte-americano por questões dos direitos humanos

France Presse

Barack Obama cancelou uma reunião com o presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, anunciou nesta segunda-feira a Casa Branca, após insultos do líder filipino ao presidente dos Estados Unidos.

“O presidente Obama não terá um encontro bilateral com o presidente Duterte”, informou Ned Price, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional, detalhando que o líder americano se reunirá com o presidente da Coreia do Sul, Par Geun-Hye.

Obama tinha previsto um encontro com Duterte na terça-feira, por ocasião da cúpula da Associação de Nações do Sudeste Asiático (ASEAN), no Laos.

Contudo, nesta segunda-feira, antes de partir para a cúpula, Duterte chamou Obama de “filho da puta”, depois de se irritar por advertências de que poderia se expor a questionamentos do presidente americano por supostos crimes de guerra nas Filipinas.

“Deve ser respeitoso. E não só lançar perguntas e declarações. Filho da puta, vou xingá-lo nesta cúpula”, disse Duterte em uma coletiva de imprensa.

Números oficiais divulgados no domingo apontam que desde que Duterte chegou ao poder, em 30 de junho passado, cerca de 2.400 pessoas morreram em operações antidrogas da polícia.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

4 × 4 =

Send this to a friend