Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

“Brasília é bem planejada e inovação está no cerne da cidade”, diz CEO

Publicado

em

Uma Brasília vista de cima com suas singularidades apresentadas em solo. Foi assim o sábado (20) de visitas da comitiva da Web Summit que chegou para avaliar a cidade, candidata à sede, em 2023, do maior evento de tecnologia e inovação do mundo.

Acompanhados de secretários e autoridades do Governo do Distrito Federal (GDF), o gerente nacional da Web Summit, Artur Alves Pereira, o CEO Patrick “Paddy” Cosgrave, e o chefe de eventos, Craig Becker, conheceram o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, o pavilhão do Parque da Cidade e o Centro a Internacional de Convenções do Brasil (CICB). A infraestrutura desses espaços foi avaliada para receber a conferência que, só em 2021, movimentou cerca de € 300 milhões (aproximadamente R$ 1,9 bilhão) na sua última edição, este mês, em Lisboa, Portugal, com mais de 50 mil visitantes.

“Somos uma empresa global. Visitamos locais como estes em várias partes do mundo, com variados níveis de infraestrutura. Vimos aqui um grande potencial de crescimento, com certeza”, afirmou Craig Becker.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A Web Summit é um evento de tecnologia que já foi sediado em Toronto, no Canadá; em Hong Kong, na China; e na capital portuguesa. Brasília disputa com o Rio de Janeiro e Porto Alegre a sediação da versão na América Latina.

Antes disso, os executivos visitaram o Parque Tecnológico de Brasília (Biotic), na Granja do Torto, distrito de inovação que o governo começa a tirar do papel para construção de uma cidade tecnológica com mais de 800 empresas do ramo. Cerca de R$ 6 bilhões devem ser investidos na região por meio de um fundo imobiliário administrado pelo Banco de Brasília (BRB). Lá, o grupo participou de um evento com empreendedores de startups, que apresentaram seus modelos de negócios em execução.

“As pessoas são incríveis, Brasília é bem planejada e dá pra ver que a inovação está no cerne da cidade. Fiquei, inclusive, impressionado com o número de pessoas que já haviam visitado a Web Summit em alguma das edições”, declarou o CEO Paddy Cosgrave.

Agência Brasília

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Continue lendo
Publicidade