Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Maior apreensão de drogas da PCDF dos últimos três anos

Cerca de três toneladas de maconha vinham de Foz do Iguaçu, no Paraná, com destino a Brazlândia, no Distrito Federal

Publicado

em

Resultado de uma investigação da Coordenação de Repressão às Drogas (Cord) da PCDF, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a maior apreensão de drogas dos últimos três anos no Distrito Federal ocorreu nesta quarta-feira (27).

O caminhão carregava cerca de três toneladas de maconha, distribuída em cento e quarenta e oito fardos de aproximadamente vinte quilogramas. O veículo que partiu de Foz do Iguaçu, no Paraná, veio para o Distrito Federal com destino a região de Rajadinha, em Brazlândia. Segundo o delegado titular da Cord, Rogério Rezende, a droga seria distribuída para outras cidades.

Ao ser interceptado em Planaltina, o motorista do caminhão tentou fugir mas foi detido. “O motorista que dirigia o caminhão com as drogas vestia um uniforme de sinalização para despistar”, conta a policial rodoviária Mônica Peregrinne. Ele irá responder

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O prejuízo para os traficantes nesta apreensão, totalizam cerca de R$6 milhões. As investigações seguem com o intuito de identificar outras pessoas que possam ter participação no grupo criminoso de tráfico de drogas, como afirma o delegado “Há outros criminosos que financiam e estamos atrás para pedir as prisões.”

Esta é a segunda grande apreensão de drogas da Cord-PCDF em parceria com a PRF em uma semana. Na última quinta-feira (21), após um mês de investigação, o trabalho em conjunto das instituições resultou na apreensão de cerca de uma tonelada de maconha e na prisão de três indivíduos. A droga partiu da região de fronteira do Mato Grosso do Sul, com destino a região de Santa Maria, no Distrito Federal, para ser difundida em todo o DF. Os criminosos transportavam a droga em um veículo de passeio, e chegaram até a utilizar café para despistar o cheiro da maconha.

Continue lendo
Publicidade