Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

‘Espero que sejam manifestações pacíficas’, diz Ibaneis sobre 7 de setembro

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira (31), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) visitou a obra do túnel, no centro de Taguatinga, para realizar uma vistoria na etapa de concretagem das lajes da estrutura. Após o evento, o mandatário conversou com jornalistas e foi perguntado sobre o preparo da capital para as manifestações no dia 7 de setembro. “Espero que sejam manifestações pacíficas, pela democracia, porque é o que importa para o nosso país”, disse Ibaneis Rocha.

Quando perguntado sobre o trabalho das forças de segurança do DF, Ibaneis disse estar tranquilo e passou confiança para os policiais. “Essas áreas são muito técnicas. Eu confio no secretário de segurança para garantir a segurança de quem quer se manifestar no 7 de setembro. A previsão é de 5 mil homens na segurança”, afirmou.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Salas de aula no combate ao machismo

Obra do Túnel de Taguatinga

De acordo com o Ibaneis Rocha, a obra do Túnel no centro de Taguatinga, uma das regiões mais movimentadas do DF, alcançou 40 % do trabalho total executado. “Essa etapa de concretagem é muito importante e é dividida em duas etapas, para cada sentido do túnel. Para cada laje concretada são em torno de 30 caminhões de concreto”, disse o governador.

O governador do DF disse ainda que obra vai beneficiar em torno de 35 a 40 mil motoristas que passam pelo local. Além disso, Ibaneis afirmou que a previsão de entrega é o primeiro semestre de 2021.

“São mais de 20 anos que se aguardava a realização desse túnel [..] a previsão de entrega é o primeiro semestre de 2021. Faremos a entrega o mais rápido possível”, afirmou Ibaneis Rocha.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Brasília é a terceira cidade na preferência dos brasileiros

Nomeação de médicos e enfermeiros

Mais cedo, Ibaneis anunciou que a capital está retomando as contratações de servidores. “Desta vez, são mais 53 médicos e enfermeiros e 62 especialistas em saúde pública. São profissionais que vão contribuir com seu trabalho na linha de frente de nossas clínicas e hospitais, não apenas no combate à covid-19, mas no atendimento e em cirurgias”, escreveu o mandatário no Twitter.

Ibaneis Rocha afirmou ainda que sua gestão já nomeou mais de 6.500 servidores e a previsão é de mais nomeações até o final deste ano.

“Reconheço e agradeço o esforço da Secretaria de Economia pelo trabalho feito para adequar as contas e possibilitar essas contratações. É uma demonstração de competência neste momento tão difícil da vida em nosso país e que vai se refletir na melhoria do atendimento dos cidadãos”, escreveu Ibaneis Rocha em cumprimento ao secretário de Economia, André Clemente

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Salas de aula no combate ao machismo

Continue lendo
Publicidade