Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Samambaia preza pela acessibilidade na cidade

Publicado

em

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Com o objetivo de garantir o direito de ir e vir, a região administrativa de Samambaia passa por uma grande reforma. Desde a construção de calçadas em diversos setores, bem como, o acesso de trânsito em faixas de pedestres e locais públicos de grande circulação de pessoas.

Somente neste ano, R$ 1.000.000,00 ( um milhão de reais), oriundo de Emenda Parlamentar, de autoria do Deputado Distrital Jorge Vianna.

Somente neste ano, 29 pontos foram contemplados com calçadas e rampas de acesso, o que representa 2.897.82 (Dois mil, oitocentos e noventa e sete mil e oitenta e dois) metros de área construída, de forma a contemplar a interligação de áreas. O projeto foi elaborado garantindo que locais públicos de travessia, fossem readaptados dentro dos padrões de acessibilidade.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Samambaia, uma cidade relativamente jovem, que vem crescendo rapidament de forma vertical. E, como qualquer cidade grande, a demanda por serviços essenciais tem se tornado cada vez maior. Assim, no que tange os critérios de acessibilidade, que é garantir condição de alcance para utilização, com segurança e autonomia, de espaços, mobiliários, equipamentos urbanos, edificações, transportes, informação e comunicação, inclusive seus sistemas e tecnologias, bem como de outros serviços e instalações é matéria prioritária para o Governo do Distrito Federal.

Leia também:  Fiscalização flagra mais de 300 motoristas alcoolizados no fim de semana

Para isso, desde o início deste mês, além da execução de serviços pela Novacap, a cidade conta também com a força-tarefa do programa Renova-DF, que vem trabalhando na revitalização do calçamento da Avenida Comercial Norte, entre as quadras 200/400. Antônio Ataídes, 56 anos, morador da quadra 208, possui mobilidade reduzida e diariamente utiliza o calçamento das mediações, o morador conta que a revitalização das calçadas garantiu independência, “a gente não gosta de ficar pedindo ajuda, poder sair de casa para ir comprar o próprio pão, é gratificante, pra mim isso é muito, pra quem é saudável pode não ser nada”.

“Garantir uma cidade acessível é o projeto do nosso Governador e partilho desse sonho, agora falo como morador da cidade, todas as ruas, avenidas e calçamentos estão sempre movimentados, ver uma cidade inclusiva é como um sonho” as palavras do Administrador de Samambaia, Gustavo Aires.

Leia também:  App desenvolvido no DF ajuda escritórios de advocacia

 

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade