Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

PCDF faz megaoperação contra quadrilha especializada em roubos e furtos de carros

Redação BDF

Publicado

em

A Coordenação de Repressão aos Crimes Patrimoniais (Corpatri/PCDF) realiza nesta terça-feira (13) uma megaoperação contra um grupo especializado em roubos e furtos de carros. Cerca de 180 policiais cumprem 12 mandados de prisão, sendo 10 preventivas e duas temporárias. Serão cumpridos ainda 25 buscas e apreensões e Taguatinga, Samambaia, Ceilândia, Gama, Águas Lindas de Goiás-GO e Goiânia-GO. A operação foi batizada de Autopeças S/A.

As investigações duraram um ano. Neste período, descobriu-se que os roubos ocorriam sobretudo em Taguatinga e Samambaia. Em seguida, os carros eram escondidos e desmanchados em galpões espalhados pelo Distrito Federal. Por fim, as peças eram vendidas em lojas no setor H Norte, em Taguatinga, e na Vila Canaã, em Goiânia. Os donos destes estabelecimentos eram integrantes da quadrilha.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Ibaneis sanciona criação da Universidade do Distrito Federal

Os criminosos roubaram pelo menos 12 carros. A PCDF conseguiu identificar todas as vítimas, que, graças a isso, poderão pedir ressarcimento às seguradoras.

O grupo era bem estruturado, com funções divididas. O responsável por esconder as armas usadas pelos integrantes, por exemplo, morava em uma chácara que não há sequer estrada de ligação. Para prendê-lo, a PCDF teve de usar um helicóptero.

Setor de autopeças

De acordo com a PCDF, o setor de revenda de autopeças está intimamente ligado aos crimes de roubo e furto de carros. No setor H Norte, por exemplo, a corporação já fez inúmeras operações contra lojistas que revendem peças roubadas. “A maioria dessas lojas sequer possuía autorização de funcionamento ou mesmo qualquer ato constitutivo na Junta Comercial”, explica a polícia.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Ibaneis sanciona criação da Universidade do Distrito Federal

“Em mais de 10 operações sobre o mesmo tema, a Corpatri, no total, já cumpriu mais de 200 mandados judiciais, entre prisões preventivas, temporárias e buscas e apreensões, atuando sobre mais de 50 lojas do setor H Norte em Taguatinga”, ressalta a corporação.

Continue lendo
Publicidade