Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

GDF entrega o hospital de campanha de Ceilândia

Publicado

em

Na manhã desta terça-feira (25), o Governo do Distrito Federal (GDF) entregou o hospital de campanha de Ceilândia, a terceira unidade de saúde que faltava, após a inauguração dos outros dois no Autódromo e no Gama. Com 100 leitos de cuidados intermediários cada, os novos hospitais ajudarão a desafogar a pressão nos leitos de UTI para Covid-19 e a retomar a realização de cirurgias classificadas como urgentes. “Hospital de campanha é sinônimo de emergência, não estou feliz inaugurando esse, mas é necessário no momento”, afirmou o governador Ibaneis Rocha.

“Só no hospital de Ceilândia são 152 pacientes internados com Covid […] tem gente achando que a pandemia acabou. Não, redobre os cuidados, use máscara e passe álcool gel. Vamos demorar até outubro para ter 70% da população vacinadas”, alertou o governador do DF

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O hospital de campanha do Gama foi inaugurado em 7 de maio. No último dia 14 foi a vez da unidade do autódromo. Nesta terça, o GDF entregou o hospital de Ceilândia. Presente no evento de inauguração, o presidente da Novacap, Fernando Leite, ressaltou a importância da coragem.

Leia também:  Com vendas em alta, concessionárias elogiam atuação do GDF

“O que a vida espera da gente é coragem [ …] estamos entregando o terceiro hospital, cada um deles com 100 leitos para pacientes com Covid […] o de Ceilândia foi construído em 20 dias”, afirmou Fernando Leite.

Possível terceira onda

Representando a Secretaria de Saúde do DF, o secretário adjunto de logística, Artur Felipe Siqueira, alertou que a capital federal está preparada para uma possível terceira onda.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Finalizamos a promessa de 300 leitos para a população e estamos preparados para uma possível terceira onda […] toda a logística de transferência dos pacientes já está sendo feita […] agora devemos manter as medidas de isolamento social, distanciamento e uso de máscaras”, ressaltou Artur Felipe Siqueira.

Vacinação na capital

De acordo com o último boletim informativo, publicado na segunda-feira (24), o DF tem 595.340 vacinados da primeira dose e mais 305.938 pessoas que levaram a segunda dose. Nas últimas 24h foram 4.731 vacinados da primeira dose e 3.076 da segunda dose.

Leia também:  SLU abre licitação para construção de 11 novos papa-entulhos

A vacinação contra a Covid-19 começou no Distrito Federal no dia 19 de janeiro. Já foram recebidas 612.960 doses da vacina CoronaVac, que é produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Além das 508.400 mil doses da vacina Covishield, desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford, com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca e 28.170 da Pfizer.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Pressão dos Leitos de UTI

Nesta terça, a taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) está em 94,79% nos hospitais públicos do DF. Isso porque quinze leitos estão vagos. De acordo com a última atualização do InfoSaúde-DF, feita às 8h25, das vagas disponíveis, apenas três leitos são para pacientes adultos.

A situação nos hospitais particulares é um pouco melhor, com a taxa de ocupação dos leitos de UTI gerais em 84,70%. As UTIs Covid-19 permanecem com 85,54%. Trinta e seis leitos para pacientes adultos estão disponíveis.

Leia também:  Como montar um currículo profissional de sucesso?

Lista de Espera

Até o momento da publicação desta reportagem, 123 pacientes aguardam leito de UTI na capital. Desse total, 24 são pessoas com suspeita ou confirmação de Covid-19.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Covid no DF

Desde o início da pandemia, 399.349 pessoas já foram infectadas na capital, sendo que 95,9% (382.892) deste número estão recuperados. Do total de casos, 8.483 (2,1%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus. Nas últimas 24 horas, 899 novos diagnósticos e 17 mortes.

As regiões com mais casos confirmados são Ceilândia (44.433), Plano Piloto (38.056) e Taguatinga (31.945).

Continue lendo
Publicidade