Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Covid: DF tem 832 novos casos e 37 óbitos em 24h

Em relação ao dia anterior, quando foram registrado 925 casos, houve uma queda no número de contaminados

Publicado

em

Covid: DF tem 832 novos casos e 37 óbitos em 24h

O Distrito Federal (DF) registrou, nas últimas 24 horas, 832 novos diagnósticos de Covid-19 e 37 mortes. Do total de óbitos notificados, seis ocorreram hoje, três mulheres e três homens. De acordo com o relatório, dos óbitos registrados hoje e que ocorreram anteriormente, 12 eram do sexo feminino e 19 eram do sexo masculino. Ao todo, 15 das vítimas tinham entre 60 e 69 anos.

Em relação ao dia anterior, quando foram registrado 925 casos, houve uma queda no número de contaminados. O Indicie de transmissibilidade também apresentou queda, e está em 0,93. Vale lembrar que, abaixo de 1, a taxa indica que a pandemia está tendendo a acabar. Na segunda-feira passada (dia 3) o indicie marcava 0,86 e, em momento mais crítico da pandemia, o indicie chegou a 1,38.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Vem Brincar Comigo 2021: faça uma criança feliz e ganhe uma muda de planta

Faixa etária

Faixa etáriaóbitos
20 a 29 anos2
30 a 39 anos3
40 a 49 anos3
50 a 59 anos8
60 a 69 anos15
70 a 79 anos4
80 ou mais2

Desde o início da pandemia, 387.520 pessoas já foram infectadas na capital, sendo que 95,8% (371.293) deste número estão recuperados. Do total de casos, 8.150 (2,1%) faleceram em decorrência de complicações causadas pelo vírus.

As regiões com mais casos confirmados são Ceilândia (42.913), Plano Piloto (36.912) e Taguatinga (31.055). A maior taxa de mortalidade foi registrada em Sobradinho I, onde, dos 14.794 casos, 366 vieram a óbito. Taguatinga tem a segunda maior taxa de mortalidade, com 31.055 casos e 811 óbitos.

Os dados ainda mostram que, do total de mortes, 683 não eram residentes da capital, sendo, 592 de Goiás (entorno), um do Acre, dois do Amapá, vinte e seis do Amazonas, nove da Bahia, dois do Maranhão, seis do Mato Grosso, vinte e cinco de Minas Gerais, um do Piauí, três do Rio de Janeiro, três de Rondônia, cinco de Roraima, um de Santa Catarina, cinco de São Paulo e dois do Tocantins.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Debate sobre o futuro do Distrito Federal começa neste sábado (2)

Continue lendo
Publicidade