Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

PCDF desarticula grupo especializado em tráfico e homicídios

Avatar

Publicado

em

Foto: PCDF/Divulgação

Membros de um grupo especializado nos crimes de homicídio e tráfico de drogas e armas foram presos pela Polícia Civil (PCDF) na manhã desta quarta-feira (20). Os suspeitos seriam ligados à facção Comboio do Cão, já conhecida pelas autoridades. A ação foi batizada de Operação Judas.

As investigações apontam que o grupo é responsável por homicídios nas nas regiões administrativas do Riacho Fundo, Recanto das Emas, Samambaia, Ceilândia e Taguatinga. Um dos crimes chamou a atenção por ter ocorrido à luz do dia, na Praça do DI, em Taguatinga, em outubro de 2020. Na ocasião, suspeitos dispararam vários tiros de pistola calibre 9mm, ferindo, inclusive, pessoas que passavam pelo local.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Oito pessoas devem ser presas temporariamente nesta quarta (20). Agentes também cumprem 22 mandados de busca e apreensão e a implementação de uma tornozeleira eletrônica em um dos integrantes do grupo criminoso. Na ação, foram apreendidas duas pistolas Glock, um seletor de rajadas, coletes à prova de balas e cerca de R$ 36 mil em espécie.

Leia também:  PCDF em luto: mais dois policiais morrem por complicações da Covid-19

Durante as investigações, que começaram há quatro meses, a PCDF descobriu ainda uma chácara situada no Recanto das Emas que estaria servindo de esconderijo de drogas e armas.

Uma espécie de laboratório de cocaína também foi localizado, gerando prisões em flagrante.

A ação é realizada pelo Departamento de Combate à Corrupção e ao Crime Organizado (Decor/PCDF), com auxílio da Coordenação de Repressão às Drogas (CORD) e da 19ª Delegacia de Polícia (P Norte).

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *