Aeródromo Brasília: Terracap revoga licitação

Anteriormente, a Terracap prorrogou o contrato com a Infraero para a gestão do local por meio de acordo de R$ 1,9 milhão, que vale desde 6 de setembro

Nesta quarta-feira (30) o presidente da Comissão de Licitação para Compra de Bens, Serviços e Obras (CPLIC) da Terracap, Glauber Teodoro Faria, revogou a licitação para contratação de empresa especializada para prestação de serviço de administração, gestão e operação transitória do Aeródromo Brasília, também conhecido como Aeródromo Botelho, localizado em São Sebastião.

O evento ocorreria nesta sexta-feira (2). Anteriormente, a Terracap prorrogou o contrato com a Infraero para a gestão do local por meio de acordo de R$ 1,9 milhão, que vale desde 6 de setembro.

Veja o aviso:

AVISO DE REVOGAÇÃO DE LICITAÇÃO
O Presidente da Comissão de Licitação para Compra de Bens, Serviços e Obras – CPLIC/TERRACAP, no uso das atribuições que lhe confere a Portaria nº 298/2020 – DIRAF, comunica a REVOGAÇÃO DA LICITAÇÃO do seguinte certame.
Processo: 00111-00003927/2020-41
Modalidade/número: Licitação Presencial nº 27/2020
Tipo: Menor Preço
Objeto: Contratação de empresa especializada para prestação de serviço de administração, gestão e operação transitória do Aeródromo Brasília, situado no Lote nº 03, Área Isolada Cava de Cima, Fazenda Papuda 2, na Região Administrativa de São Sebastião, adjacente às margens da BR-251, no Distrito Federal.
Decisão
Decisão n.º 639/2020 – DIRET, REVOGAÇÃO DA LICITAÇÃO
Brasília/DF, 30 de setembro de 2020.
GLAUBER TEODORO FARIA
Presidente da CPLIC

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

quinze − 9 =

Mais lidas

Send this to a friend