Ocupação de leitos de Uti cai no início de setembro

De acordo com a Secretaria de Saúde, o número chega a 64,5%. Mas a pasta considera também as unidades de cuidado intermediário, onde ficam casos não tão graves

Após a taxa de ocupação de leitos no Distrito Federal ultrapassar os 90% entre julho e agosto, auge do número de casos do novo coronavírus na capital, o número caiu para 59% na tarde desta quinta-feira (3).

De acordo com a Secretaria de Saúde, o número chega a 64,5%. Mas a pasta considera também as unidades de cuidado intermediário, onde ficam casos não tão graves.

São 306 leitos ocupados dos 515 de UTIs dos hospitais públicos (e as dos privados destinados a pacientes advindos do sistema do GDF).

No caso da rede particular, a taxa está em 86,1%. Somados os dois sistemas, são 519 unidades com infectados entre 784 disponíveis. Isso indica 67,4% de ocupação.

Send this to a friend