Ibaneis libera volta de shows ao vivo em bares e restaurantes

Atrações musicais estavam suspensas desde março, em decorrência da pandemia do novo coronavírus

O Governo do Distrito Federal autorizou a realização de shows ao vivo em bares e restaurantes. A medida foi publicada no Diário Oficial do Distrito Federal desta segunda-feira (14). Desta forma, a partir de hoje, os estabelecimentos já podem promover música ao vivo, por exemplo.

Algumas medidas de prevenção ao novo coronavírus seguem mantidas. Os estabelecimentos devem funcionar com apenas 50% da capacidade, além de disponibilizar álcool em gel 70%, aferir temperatura, reforçar limpeza nas mesas e banheiros, dentre outras ações. As mesas devem seguir distantes dois metros umas das outras, e os funcionários e colaboradores devem seguir usando máscara de proteção.

As atrações musicais estavam suspensas desde março. Os bares e restaurantes foram autorizados a reabrir no mês de julho, mas os shows ainda não eram permitidos.

A retomada dos shows ao vivo ocorre num momento em que o DF soma 2.899 mortes pela covid-19. Ao todo, já foram registrados 176.837 casos desde o início da pandemia. Desse total, 13.604 novos infectados foram confirmados apenas neste mês de setembro.

Apesar dos números, o governador Ibaneis Rocha já havia dado declarações sinalizando que é melhor permitir a retomada de alguns setores e exigir medidas de segurança do que proibir e ver a população quebrar as regras. Semanalmente, é possível ver aglomeração em estabelecimentos e espaços abertos em todas as regiões administrativas da capital, sobretudo em áreas nobres do Plano Piloto, como as imediações do Lago Paranoá.

O responsável por fiscalizar aglomerações e descumprimentos de normas é o DF Legal. O órgão disponibiliza o telefone 162 e o site http://www.ouvidoria.df.gov.br para denúncias.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

cinco × um =

Send this to a friend