Mutirão de serviços para moradores do Park Way

Durante toda a semana, 75 pessoas e 22 caminhões vão trabalhar na região administrativa

Um mutirão de serviços envolvendo o GDF Presente, as administrações regionais do Park Way, do Núcleo Bandeirante e Candangolândia e a  Secretaria de Governo promete deixar o Park Way ainda mais bonito. A equipe de 75 pessoas e 22 caminhões trabalha na cidade até sexta-feira e vai agilizar o atendimento de demandas da comunidade de uma das regiões administrativas com a maior extensão territorial do Distrito Federal, que tem 29 quadras e faz fronteira com cidades como Águas Claras, Guará, Riacho Fundo, Lago Sul e Gama, totalizando mais de 76 km².

Com o reforço, a administração pretende dar uma resposta às solicitações da comunidade, pelo menos as mais recorrentes. “Nem sempre conseguimos atender tudo, a região é muito extensa e nem sempre temos material suficiente. Mas essa semana vamos trabalhar nos três trechos do Park Way e na Vargem Bonita”, afirma o administrador do Park Way Maurício Tomaz da Silva.

A lista de trabalhos já executados só no primeiro dia é extensa. Com o auxílio de três caminhões-pipa, as equipes lavaram 10 Pontos de Encontro Comunitário (PECs) e 15 paradas de ônibus. Dez toneladas de massa asfáltica foram usadas para tapar os buracos das quadras 16 e 14/18 e 45 caminhões de lixo, entulho e galhos foram retirados das ruas da cidade, o equivalente a 540 toneladas.

Os trabalhadores também podaram árvores, fizeram manutenção nos jardins e limparam as ruas. O GDF Presente também recolheu 52 faixas de propaganda fincadas irregularmente no gramado entre as quadras 14 e 29.  “E foi só o primeiro dia. Muito trabalho ainda será feito”, garante o administrador.

Morador da Vargem Bonita há 21 anos, Rusbek Rebello defende que os serviços de manutenção na cidade, como limpeza, poda de árvores e pintura de meio-fio, devem ser constantes, esforço feito pelo GDF Presente a cada seis semanas e diariamente pela administração. “É como limpar a casa, que tem que ser todo dia. A manutenção tem que ser inclusive preventiva, antes de reclamarmos”, diz.

Entulhos no SIA

A Região Administrativa do Setor de Indústria e Abastecimento (SIA) recebeu os reforços do GDF Presente nos últimos 150 dias. Entre os meses de março a julho as equipes do Polo Central recolheram cerca de 2.752 metros cúbicos de lixo e entulho de áreas públicas da cidade. Isso equivale a 471 caçambas convencionais (com seis metros cúbicos de capacidade cada uma).

A Administradora do SIA, Luana Machado, agradece o reforço nas ações. “O GDF Presente é fundamental para dar agilidade a esses serviços que demorariam mais tempo para serem concluídos. Agradecemos ao nosso governador e as equipes pelo apoio de sempre”, disse.

As equipes também atuaram na operação tapa-buracos, mais uma demanda atendida pela Administração do SIA em parceria com a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). Em julho, cerca de 16 toneladas de massa asfáltica foram usados na recuperação de ruas e vias da região.

Núcleo Rural Jardim II

Há mais de uma semana, o núcleo rural Jardim II está recebendo intervenções feitas pelo programa GDF Presente juntamente com a Administração Regional do Paranoá. Na manhã de sexta-feira (07), as benfeitorias foram entregues à comunidade local. As lideranças da área rural fizeram um café da manhã em agradecimento pela revitalização feita no espaço.

O GDF fez a roçagem e a troca das lâmpadas queimadas do campo de futebol, o patrolamento das vias, a colocação de bancos na praça a troca do piso, a pintura e o conserto das grades da quadra poliesportiva. “O Jardim II é uma comunidade muito distante, fica a 75 quilômetros da Administração. Pela distância eles são muito carentes de serviços”, afirma o administrador do Paranoá, Sérgio Damaceno. “A quadra de esportes mesmo foi construída na década de 80 e ganhou a primeira manutenção”, conta.

Segundo o administrador, o GDF entende a importância das áreas rurais e tem intensificado as ações nestas localidades, visando o aumento da qualidade de vida dos habitantes através da manutenção e preservação. O Paranoá tem a segunda maior área rural do Distrito Federal e o Jardim II faz divisa com Minas Gerais e Goiás.

A estrada que dá acesso para o Núcleo Rural, a DF-285, está sendo pavimentada e agora o asfalto vai chegar até a entrada da comunidade. O governador Ibaneis Rocha, autorizou o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) a ampliar a obra por mais três quilômetros.

Retirada de inservíveis em Sobradinho 2

O Polo Norte trabalha em Sobradinho 2. As equipes retiraram cerca de duas toneladas de inservíveis na QR 03 da comunidade de Buritizinho, material que encheu duas caçambas de um caminhão, tapam buracos da região do Vale das Acácias e finalizam o patrolamento da Rua 4 do setor Lago Oeste. Para evitar a poeira da época de seca, os trabalhadores molham a rua com caminhões-pipa e espalham brita na rua, material adquirido pela própria comunidade.

A área central de Brasília também recebe melhorias do programa. A equipe do Polo Central Adjacente I, com apoio da Administração do Plano Piloto, está finalizando a desobstrução e limpeza geral dos dois espelhos d’água da Praça do Buriti.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezesseis − 2 =

Send this to a friend