PCDF prende grupo que invadiu contas bancárias e roubou R$ 600 mil

Agentes apreenderam um jet-ski, carros de luxo, bebidas caras, celulares, cédulas e uma máquina de contar dinheiro

Nesta quinta-feira (18), a Polícia Civil (PCDF) deu início à segunda fase de uma operação contra um grupo especializado em fraude bancária por meio cibernético. Esta organização invadiu três contas bancárias e roubou R$ 600 mil, segundo investigações.

Na ação desta quinta (18), os policiais apreenderam um jet-ski, dois carros de luxo, uma pistola, bebidas caras, relógios de luxo, cartões de crédito, celulares e uma máquina de contar cédulas, além de 33,7 mil reais e 2,8 mil dólares em espécie. As apreensões foram feitas em Samambaia, Recanto das Emas e Valparaíso de Goiás-GO.

Os suspeitos responderão pelos crimes de furto mediante fraude e organização criminosa. Somadas, as pemas podem chegar a 16 anos.

Veja imagens dos itens apreendidos:

Tocador de víde

Primeira fase

A primeira fase da operação, batizada como Suíça, foi deflagrada em setembro de 2019. Na ocasião, foram cumpridos nove mandados de prisão. Já nesta quinta (18), foram seis mandados.

A ação é de responsabilidade da Coordenação de Repressão a Fraudes (Corf).

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

catorze − um =

Send this to a friend