Diretor do Hospital Regional de Ceilândia é exonerado

Mudança ocorre em um momento de explosão de casos de coronavírus na cidade: são mais de 2 mil pacientes infectados

O governador Ibaneis Rocha exonerou, na segunda-feira (8), o diretor do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), Amilton Pereira Bueno.

O médico ortopedista e traumatologista será substituído pela profissional de clínica médica Gabriela Rodrigues Marciano. A mudança não foi comentada pelas autoridades.

A troca é realizada em um momento de alta de casos de coronavírus em Ceilândia. A região administrativa tem 2.016 contaminados e 44 mortes. São quase 700 pacientes a mais em comparação com o Plano Piloto, segunda RA mais impactada, com 1.344 casos.

Para tentar controlar a situação na região, a Secretaria de Saúde instalou um gabinete na região e passou a atuar de perto. Desde sábado (6), a UTI do HRC passou a atender apenas pacientes com coronavírus. Paralelo a isso, o GDF decidiu decretar lockdown de 72 horas (entre segunda, 8, e quarta-feira, 10) na cidade.

 
Send this to a friend