Oito pessoas morreram por covid-19 no DF nesta segunda

Foram cinco vítimas moradoras do Distrito Federal e três que residiam no entorno e estavam sendo tratadas em hospitais da capital

Nesta segunda-feira (18) o Distrito Federal registrou cinco óbitos em decorrência de complicações causadas pelo novo coronavírus, além de três vítimas do entorno. Dessa forma, o número total de vítimas do covid-19, somando DF e entorno, chegou a 62. 

A primeira vítima do DF, uma mulher de 87 anos, residia em Samambaia. Ela estava internada desde o dia 11 no Hospital Regional da Asa Norte (HRAN). Portadora de comorbidades (cardiovasculopatia), a idosa faleceu na mesma unidade de saúde nesse domingo (17).

A segunda vítima, uma mulher de 73 anos, era moradora de Ceilândia e estava internada no Hospital Regional da Asa Norte (Hran) desde 22 de abril. Portadora de comorbidades (hipertensão e pneumopatia), vedio a óbito na unidade de saúde no sábado (16). 

A terceira vítima, também moradora de Ceilândia, estava internada desde 21 de abril no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e faleceu no hospital nesse domingo (17). Ela era portadora de comorbidades (hipertensão e diabetes). 

 

A quarta vítima, homem, de 71 anos, morava no Recanto das Emas e também faleceu nesse domingo (17). Ele estava internado no HRSM desde o último dia 6 e não era portador de comorbidades. 

A quinta é última vítima do DF era morador de Planaltina e tinha 58 anos. Também internado no HRSM, ele foi para a unidade de saúde no último dia 7 e faleceu nesta segunda-feira (18). Ele tinha comorbidades que agravavam o caso (cardiopatia e obesidade). 

Entorno

A primeira vítima, uma mulher de 76 anos, era moradora de Águas Lindas de Goiás e foi internada no Hospital Regional do Gama no sábado (16). Portadora de comorbidades (pneumopatias), ela foi a óbito na mesma unidade de saúde no domingo (17). Por morar em Goiás, a morte estará no boletim do GDF mas só será contabilizada no estado onde ela residia.

A segunda vítima, 40 anos, faleceu nesta segunda-feira (18). Moradora do Novo Gama (GO), foi internada no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) em 16 de maio. Ela tinha comorbidades (Distúrbios Metabólicos) que agravavam o caso.

A terceira vítima do entorno, um homem de 65 anos, também era morador de Águas Lindas de Goiás. Ele foi internado no HRSM em 5 de maio e faleceu na unidade de saúde nesta segunda-feira (18). A vítima era portadora de comorbidade (hipertensão).

É importante lembrar que no painel do Boletim Cieves constam as 62 mortes, porém, como detalha a origem de residência das vítimas, quatro dessas ocorrências pertencem ao estado de Goiás (Novo Gama e Águas Lindas de Goiás) porque as vítimas residiam lá e foram atendidas e faleceram numa unidade de saúde do DF.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

catorze − 14 =

Send this to a friend