Técnico de enfermagem é preso suspeito de estuprar paciente em UTI

Homem foi flagrado por dois funcionários, que o viram com a calça abaixada e a roupa suja de sangue

Um técnico de enfermagem foi preso na madrugada desta quarta-feira (18), suspeito de estuprar uma paciente em coma, internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) do Hospital das Clínicas, em Ceilândia. 

O homem tem 49 anos e trabalha na unidade há dois meses. Ele foi flagrado por dois funcionários, que o viram com a calça abaixada e a roupa suja de sangue.

Em contato com o Jornal de Brasília, o Hospital das Clínicas reiterou que a ala de UTI da unidade é terceirizada. A Domed, empresa responsável, não deu detalhes sobre o caso.

A 15ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Centro) investiga o crime. O homem não tem antecedentes criminais, mas há a suspeita de que ele tenha cometido abuso contra outra paciente. Se condenado, o técnico de enfermagem pode pegar até 15 anos de prisão.

 

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

9 − dois =

Send this to a friend