Coronavírus: WhatsApp da CDH recebe mais de 100 denúncias em menos de 24h

esobediência de empresas e de órgãos públicos às normas e falta de atendimento nas redes pública e privada foram algumas das demandas registradas

Em menos de 24 horas no ar, o número de WhatsApp disponibilizado pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa (CDH/CLDF) para registrar demandas relacionadas ao coronavírus já registrou mais de 100 denúncias. Entre as queixas da população, estão falta de atendimento em hospitais públicos e privados e desrespeito de parte de empresas privadas, que têm submetido funcionários com sintomas de covid-19 a sair de casa para trabalhar.

Segundo o presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado distrital Fábio Felix, a comissão tem reportado as denúncias ao GDF. “Nosso objetivo é colaborar para a qualificação dos serviços ofertados à população, bem como mapear violações de direitos humanos nesse contexto desafiador”, afirma. Felix vê com preocupação os casos de funcionários com sintomas de contaminação pelo vírus. “São denúncias graves e que precisam ser apuradas”, comenta.

O objetivo do canal de WhatsApp não é tirar dúvidas sobre a doença, mas sim apurar violações de direitos humanos, como atendimento negado ou negligenciado à saúde; assédio moral contra servidores ou pacientes; LGBTIfobia, racismo ou qualquer outro tipo de discriminação durante procura a qualquer um dos serviços, entre outras.

Em caso de denúncias, mande mensagem para o número (61) 99904-1681.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

16 + dezesseis =

Send this to a friend