Siga o Jornal de Brasília

Destaque

Terracap abre venda direta para moradores do Ville de Montagne

Residentes do condomínio localizado no setor São Bartolomeu (São Sebastião) têm 30 dias corridos para apresentar proposta de compra

Avatar

Publicado

em

Foi aberta a venda direta para os moradores dos imóveis do condomínio Ville de Montagne, localizado no Setor Habitacional São Bartolomeu (São Sebastião). A Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) publicou edital nesta segunda-feira (3), a fim de regularizar 24 lotes que ainda não passaram por este processo.

Os moradores têm 30 dias corridos para apresentar à Terracap uma proposta de compra do terreno. Todos precisam fazer cadastramento prévio no site da empresa ou no app da Terracap, disponível para Android e iOS. 

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Feito o cadastro online, o próximo passo é ir ao edifício-sede da Terracap para apresentar pessoalmente a proposta de compra.

Quem optar pelo pagamento à vista terá 25% de desconto. Aqueles que derem entrada acima de 5% do valor do imóvel terão descontos escalonados. Bancos como BRB e Poupex oferecem linhas de crédito específicas para imóveis oriundos de regularização fundiária.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

Pessoas que adquiriram seus imóveis em áreas irregulares após 22 de dezembro de 2016 poderão aderir ao programa de Venda Direta. O único pré-requisito, neste caso, é que o imóvel já tenha sido edificado e ocupado até aquela data.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Pioneiro

O Ville de Montagne foi a primeira área do DF com ocupações irregulares a ser contemplada pela modalidade venda direta. O primeiro edital foi lançado ainda em 2017 e incluiu 956 imóveis do condomínio. À época, a adesão ao programa foi de 95%. Outro edital foi lançado em 2018, com os terrenos remanescentes.

“Esses 24 lotes não foram regularizados nos dois primeiros chamamentos porque os próprios ocupantes não apresentaram proposta de compra junto à Terracap”, explica o diretor de Comercialização da Terracap, Júlio César Reis. Ele reitera que esta é uma oportunidade para que o morador possa regularizar o lote, de forma segura, definitiva, vivendo em paz e valorizando seu patrimônio.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *