Referência no Brasil, Hospital de Base se prepara para enfrentar coronavírus

Corregedoria avaliza a demissão de 52 servidores da Saúde do DF
O Hospital de Base está em condições, neste momento, de estruturar dois quartos de isolamento com pressão negativa no 10º andar

O Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal – IGESDF, responsável
pela gestão do Hospital de Base está preparando área de isolamento com pressão negativa que tem por finalidade de evitar contaminações em doenças respiratórias no âmbito interno, ou seja, dentro da própria sala, e também de evitar a propagação de microrganismos, por meio de correntes de ar, para o ambiente hospitalar, reduzindo, assim os riscos de contaminação para pacientes e profissionais de saúde. Trata-se de ambiente apropriado e necessário para enfrentar tais situações.

Com as medidas tomadas ao longo de um ano de gestão do IGESDF, o Hospital de Base está em condições, neste momento, de estruturar dois quartos de isolamento com pressão negativa no 10º andar, para funcionamento nos próximos oito dias. Outras medidas estão sendo tomadas para implantação desse tipo de isolamento em outros andares do Hospital de Base.

Todos os insumos e medicamentos estão com estoques regularmente abastecidos. Existem atas de compra em andamento ou já finalizadas, com saldo disponível para contratação imediata. Todas as Unidades pertencentes ao IGESDF são regularmente abastecidas com os insumos necessários para atendimentos de casos confirmados ou suspeitos, relacionados ao Coronavírus (COVID-19).

O IGESDF também está criando um comitê de contingência para atuar em casos de contaminações pelo Coronavírus (COVID-19), bem vem realizando palestras educativas e informativas no Hospital de Base e no Hospital de Santa Maria, e campanha publicitária de utilidade pública nas redes sociais e material gráfico, já se preparando para o aparecimento de algum caso no Brasil.

“Não podemos ficar de braços cruzados esperando o vírus aparecer. Não desejamos nenhum caso, mas não podemos negligenciar com as nossas responsabilidades. O Base possui um corpo de especialistas em diversas áreas, e nas doenças infecciosas respiratórias somos referência. O Hospital de Base tem obrigação de estar à frente e aprontar os caminhos para protegermos nossa população”, destacou Francisco Araújo, diretor presidente do instituto.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

quatro × 3 =

Mais lidas

Send this to a friend