Homem tem surto psicótico e faz ameaças armado na 411 sul

Durante três horas, o homem conversou com as autoridades de dentro de seu apartamento, com uma faca. Dentro da residência a mãe dele permaneceu trancada dentro de um quarto, até agentes do Bope resgatá-la pela janela. O indivíduo saiu algemado do local

Um homem de 35 anos, não identificado, teve um surto psicótico na noite desta quarta-feira (18), no Bloco S da 411 Sul. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi chamada no local, após o indivíduo começar a quebrar todos os móveis da casa onde mora com os pais idosos.

Ao chegar no prédio, as autoridades encontraram o pai do homem fora do apartamento. A mãe, no entanto, continuava no local, trancada em um dos cômodos. Em outro quarto, o homem começou a conversar pela janela com as equipes especializadas. Em determinado momento, o homem avisou “aqui, vocês não entram”, e pegou uma faca.

As autoridades tentaram imobilizar o indivíduo com o disparo de uma espécie de teaser (arma de eletrochoque). A descarga elétrica, no entanto, não foi suficiente para atordoar o homem, que continuou dentro do apartamento.

Por volta das 20h40, a mãe foi resgatada do quarto em que estava trancada. Bombeiros do CBMDF cortaram as grades da janela e agentes do Bope a retiraram.

Pessoas que estavam no local relataram explosões, mas não souberam identificar se eram bombas ou balas de borracha. A movimentação continuou intensa dentro do apartamento, que teve as cortinas das janelas fechadas durante a ação.

Após o resgate, os policiais invadiram o apartamento e imobilizaram o homem utilizando uma arma de eletrochoque. Segundo as autoridades, foram encontradas quatro armas de pressão descaracterizadas, além de diversas facas. O indivíduo foi encaminhado para a delegacia para prestar esclarecimentos.

De acordo com com os policiais, ele afirmou ter as notas fiscais das armas e que seriam usadas para a prática de airsoft. Ainda conforme soldados da GTOP e pessoas ligadas ao Samu, ninguém foi ferido durante o ocorrido.

Sem agressão

Segundo a polícia, o homem não agrediu a mãe. Porém, esta é uma nova situação nos surtos psicóticos do indivíduo, que já apresentou o distúrbio outras vezes. Conforme as autoridades, a irmã dele já havia pedido ajuda em outras ocorrências, e em diversas delas, os pais sofreram agressões. 

No local estão policiais da Operação Gerente, que conta com militares treinados para negociar com sequestradores a fim de libertar vítimas, além de policiais do 1º Batalhão da PM, Gtop, Bope, Patamo, Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) e agentes da Polícia Civil. 

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

onze − quatro =

Send this to a friend