Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Ceilândia ganhará mais 90 policiais militares

“Ouvir aqui de perto e ver o que eles estão demandando pra mim é respeito. E vamos fazer de tudo para atendê-los, disse o governador

Avatar

Publicado

em

Durante um almoço especialmente preparado por familiares da líder comunitária Dormecy dos Santos, na QNP 6 de Ceilândia, neste sábado (25), o governador Ibaneis Rocha ouviu algumas das reivindicações da comunidade local. Na lista de prioridades populares estão a necessidade de reforço na segurança e na saúde; a construção de mais creches e escolas públicas; e reforço nas ações de limpeza.

Tenho visitado as lideranças para ouvir, porque acredito que isto é fundamental para construirmos um DF melhor”, disse Ibaneis. “Ouvir aqui de perto e ver o que eles estão demandando pra mim é respeito. E vamos fazer de tudo para atendê-los”, completou.

No cardápio do almoço com a comunidade de Ceilândia, arroz carreteiro e salada de alface e tomate.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Uma delícia! A gente vê que o tempero aqui foi feito com muito carinho”, elogiou.

Ao lado do governador, o administrador de Ceilândia, Marcelo Cunha, anunciou a chegada de mais policiais para reforçar a segurança no local. “Dos 120 novos contratados da Polícia Militar, 90 virão para cá”, cravou. Ele também fez um balanço do projeto Ceilândia Limpa, que está instalando contêineres para que haja o descarte adequado de entulhos.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

“Estamos fazendo um trabalho com os carroceiros e com toda a comunidade sobre como tratar o lixo”, explicou Marcelo Cunha. “Inclusive, estamos pensando em fazer um fórum com envolvimento de várias lideranças para tratarmos desse tema”, detalhou. Para ele, a limpeza da cidade é fundamental para a saúde pública de toda a comunidade.

 

A líder comunitária agradeceu a visita. “É muito bom quando a gente vê que o governo está se esforçando para fazer as coisas”, afirmou dona Dormecy. Líder comunitária há mais de 30 anos, ela conta que está confiante na atual gestão. “Agora, as coisas vão engatar e Ceilândia ainda vai ganhar muitos benefícios”, disse.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Mais de 150 pessoas participaram do almoço na casa de dona Dormecy. Entre líderes comunitários locais, amigos e familiares também estavam presentes o secretário de Governo, José Humberto Pires; e o de Atendimento à Comunidade, Severino Cajazeiras; além da deputada federal Celina Leão (PP); e o administrador do Sol Nascente e Pôr do Sol, José Goudim Carneiro.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

Volta às aulas

O governador Ibaneis também lembrou a comunidade de Ceilândia que haverá um reforço na educação pública da região: duas novas escolas serão construídas na cidade. A primeira delas será o Centro de Educação da Primeira Infância (CEPI). Também será entregue a nova unidade da Escola Classe Juscelino Kubistschek, no Sol Nascente. Ambas têm previsão de inauguração em fevereiro.

O coordenador da Regional de Ensino de Ceilândia, Marcos Antônio de Sousa, disse que 70% das 96 escolas da cidade estão passando por reformas para a volta às aulas, prevista para 10 de fevereiro. “Estamos pintando as unidades, fazendo obras hidráulicas e elétricas, recuperando mobiliário, banheiros e cantinas”, comentou.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Com informações da Agência Brasília

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *