BRB divulga novo programa de microcrédito digital

O produto tem a menor taxa do mercado, condições especiais e contratação ágil e digital. Será disponibilizado até R$ 15 milhões para o programa

O Banco de Brasília (BRB) lança, nesta quarta-feira (22), o Acreditar, programa de Microcrédito Produtivo Orientado (MPO). A iniciativa tem como objetivo apoiar o microempreendedor, reduzir barreiras no acesso ao crédito e alavancar o desenvolvimento no Distrito Federal (DF). 

O produto tem a menor taxa do mercado, condições especiais e contratação ágil e digital. Será disponibilizado até R$ 15 milhões para o programa, que deverá beneficiar cerca de 10 mil famílias. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Empreendedores podem ter fácil acesso ao plano por meio do aplicativo Acreditar BRB, disponível no Google Play e na App Store. As taxas serão a partir de 1,85% ao mês e com prazo de 24 meses para pagamento. O crédito ofertado varia entre R$ 300 a R$ 15 mil. 

“Como banco público, temos o compromisso de transformar a vida das pessoas, de ser protagonista do desenvolvimento econômico social e humano no Distrito Federal. O Acreditar é mais um importante passo para poder fazer a diferença na vida dos brasilienses”, afirma o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa.

 

Ele explica que a entidade financeira procurou formatar um produto digital e ágil, reduzindo a burocracia e o prazo de contratação. “A ideia é que o cliente só vá a agência uma única vez, para assinar o contrato. O pré-castrado, a simulação do crédito, as condições e o envio das informações e documentos estarão disponíveis por meio do aplicativo”, acrescenta Paulo Henrique Costa. O prazo para a liberação do crédito é de sete dias.

Na busca para atrair os microempreendedores, agentes de crédito também vão realizar visitas à comunidade para identificar empreendimentos que possam fazer parte do Acreditar. O projeto vai contar com parceria das secretarias da Mulher, da Agricultura, de Juventude, de Trabalho e Emater.

Para solicitar adesão ao Acreditar é preciso ser maior de idade, ter pelo menos seis meses na atividade produtiva e faturamento anual de até R$ 200 mil, entre outras condições.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Com informações da Agência Brasília

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

16 − cinco =

Send this to a friend