Brasília e Paraguai se preparam para início do voo direto

Plano de ação que irá incrementar o número de visitantes deverá estar pronto até dezembro

O voo direto da Latam entre Assunção e Brasília entrará em operação a partir de 15 de dezembro. Com o objetivo de impulsionar o número de turistas entre as duas capitais, a Secretaria de Turismo do Distrito Federal (Setur-DF) e o Ministério do Turismo do Paraguai realizaram uma videoconferência, nesta segunda-feira (21), entre representantes dos dois governos e do trade turístico nas sedes de ambos os órgãos.

Será criado um plano de ação que irá propor um intercâmbio entre operadores de turismo, capacitação de agentes e elaboração de rotas que atendam às exigências de visitantes paraguaios e brasilienses. A intenção é que o planejamento estratégico e a implementação de ações promocionais estejam prontos até o início da operação do novo trecho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


De acordo com a secretária de Turismo do Distrito Federal, Vanessa Mendonça, a atividade turística na capital está sendo estruturada e já são mapeadas as experiências que os turistas paraguaios querem vivenciar em Brasília. “Esse é o primeiro passo que damos para abrir um canal de comunicação entre os dois trades turísticos. Vamos integrar rotas e desenvolver roteiros para obtermos os melhores resultados e identifiquemos oportunidades de negócios para o Distrito Federal e Paraguai”, afirmou.

“Também iremos produzir um vídeo e material promocional que divulgue os dois destinos ao mesmo tempo”, complementou a ministra do Turismo do Paraguai, Sofia Afara.

A ideia da cooperação turística entre a capital brasileira e o país paraguaio surgiu com a aproximação da Secretaria de Turismo do DF com a Embaixada do Paraguai no Brasil, em junho desse ano. Desde então, a ministra e a secretária se encontraram em Brasília e durante a FIT Argentina, uma das maiores feiras de Turismo da América Latina, para traçarem o plano de ação.

O Paraguai é o quarto país que mais emite turistas para o Brasil, de acordo com o estudo do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), mas a capital brasileira não está entre os destinos mais escolhidos pelos visitantes dessa nacionalidade. Com a criação do voo direto, a expectativa é que Brasília desponte nesse ranking.

“Não só Brasília levará passageiros para lá, mas também iremos receber. Trabalhando juntos, poderemos estabelecer conexões imediatas”, destacou o presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens do Distrito Federal (Abav-DF), Hugney Silva Velozo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Brasília/Assunção

A rota entre as duas capitais entrará em operação em 15 de dezembro, com voos realizados diariamente. O anúncio do novo percurso foi realizado juntamente com o dos voos diretos para Santiago e Lima, em agosto desse ano, no Palácio do Buriti.

O trecho entre a capital chilena e a brasileira entrou em operação no dia 15 de outubro, e o da capital peruana começará a operar a partir de 15 de novembro.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend