Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Primeira-dama apoia evento beneficente da AMA Brasília

Desfile de moda marca o engajamento de Mayara Noronha, presidente de honra do grupo feminino, em questões cruciais do Distrito Federal

Avatar

Publicado

em

Como patronesse de honra, a primeira-dama do Distrito Federal, Mayara Noronha, participou do “Moda como Expressão de Cultura, ontem, hoje e amanhã”. O evento, realizado na tarde desta segunda-feira (26/8), foi idealizado pelo grupo Aliança das Mulheres que Amam Brasília (AMA Brasília), presidido pela pioneira Cosete Ramos Gebrim, que comemorou seu aniversário na ocasião.

O evento beneficente foi realizado em uma casa de festa no Setor de Clubes Sul, e contou com a presença da esposa do vice-governador do DF, Ana Paula Hoff.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Na programação, talk show com a influenciadora digital Denise Gebrim, além de desfile de moda das estilistas Desirée e Claudia Galdino. Também foram entregues prêmios para vestidos produzidos por jovens talentos da Faculdade de Moda Fashion Campus – uma das agraciadas foi Betina Gunther, de 12 anos, que criou, costurou e desfilou com sua própria criação. Também teve sorteio de brindes e o lançamento do Robô Glória no Brasil, um projeto de inteligência artificial concebido para combater a violência contra mulheres.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

O desfile de moda das estilistas Desirée e Claudia Galdina mostrou réplicas de peças históricas de designers internacionais e brasileiros, como Clodovil e Dener Pamplona, além de releituras feitas por alunos daquela faculdade de moda. As profissionais, juntamente com a estilista Mábel de Bonis, doaram 30 vestidos para serem leiloados. A renda do leilão será revertida para instituições de caridade do Distrito Federal.

Mayara destacou que a sua participação demonstra apoio do GDF ao evento. Ela também ressaltou que a moda vai além das vestimentas, uma vez que define a forma como as pessoas se apresentam ao mundo, além de que marca os costumes de uma época.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“A Bíblia menciona que, quando queriam expressar o que estava dentro do seu íntimo, as pessoas vestiam a sua melhor roupa para demonstrar felicidade. E, quando estavam tristes, rasgavam as roupas e andavam no meio da rua para demonstrar tristeza. E assim somos nós nos dias de hoje. Quando estamos felizes e de bem com a vida tirarmos do guarda-roupa nossa melhor roupa”, frisou a primeira-dama, presidente de honra do AMA Brasília.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

Ela explicou ainda que estava vestida, propositalmente, com muito brilho e cores – a primeira-dama trajava um vestido branco de tecido brilhoso e um casaco multicolorido. “Essas são as cores de transição da primavera, que veio para deixar para trás a paisagem fria e trazer o calor e as cores quentes da nova estação”, acrescentou. O look de Mayara foi assinado pela estilista Cláudia Galdina.

Aliança

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O grupo AMA Brasília foi criado em junho de 2017 e congrega lideranças femininas em prol da capital federal, promovendo ações beneficentes. Em 18 meses de criação, a aliança reúne hoje quase 200 mulheres.

Para fazer parte da AMA Brasília é necessária a indicação de uma madrinha, ou seja, alguma embaixatriz que já faça parte do grupo. O requisito básico para integrar a aliança é ter uma história ou atuação relevante para a construção da cidade em sua área de atuação.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

Com informações da Agência Brasília

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *