Rodoviária é reformada pela primeira vez após 60 anos

O monumento passará por obras de reforço estrutural, que contarão com tecnologia de ponta

O Governo do Distrito Federal, por meio da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), vem fazendo uma corrida contra o tempo para que a recuperação estrutural da Rodoviária do Plano Piloto ocorra rapidamente, com menos impacto às pessoas que transitam e trabalham no terminal.

Após a interdição de parte da plataforma superior, no dia 26 de junho, o Governo previu um prazo de 20 dias para dar início aos trabalhos. Mas o esforço de técnicos e engenheiros da Novacap vai permitir a antecipação da data e a recuperação do monumento começará na próxima semana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A Novacap está finalizando a análise do material técnico a ser encaminhado às empresas. As propostas dos empreiteiros serão avaliadas considerando critérios de técnica e preço. A contratação da empresa vencedora será imediata, assim como o início do serviço.

Esta é a primeira vez em 60 anos que o monumento passará por obras de reforço estrutural. O Governo está investindo em tecnologia de ponta para garantir a segurança plena da Rodoviária, como fibra de carbono.

Ao mesmo tempo, as duas extremidades da cobertura da plataforma superior serão demolidas e reconstruídas nos mesmos moldes da arquitetura original. O trabalho de demolição começará simultaneamente ao de recuperação dos pilares, pois são obras separadas e uma não interfere na outra.

Com informações da Agência Brasília

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

10 + quinze =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend